Relatoria da reunião do CAHis: quinta, 03/11/11

Reunião do CAHis

Quinta, 03/11, às 11h, no tablado do bloco O.

Presentes: Lilian, Juan, Tunã, Gabriel Moreno, Rafael, Gustavo, Célio, Erickson, Yan, Camila, Tales, Bernardo, Leonardo, Juliana Machado.

 

Pauta:

1 Informes;

2 Finanças;

3 Campanha dos 10% do PIB para a Educação Pública já;

4 Choppada unificada;

5 ICHF: expansão/bloco P e Colegiado;

 

1

-Terça, dia 08/11, às 19h, tem reunião dos CA’s e DA’s do ICHF no tablado do bloco O.

 

-Tem R$392,30 dos últimos dois sambas na casa da Marina.

 

-Foi aprovada na reunião do departamento uma carta de apoio à ocupação e solicitando aos professores abonar as faltas dos estudantes presentes nesse processo de luta da universidade.

 

-Sábado, 05/11, tem um Seminário de Formação Política da Plenária dos Movimentos Sociais de Niterói no Serviço Social.

 

-Esta semana é a semana dos movimentos sociais lá no Serviço Social e semana que vem é a semana da universidade popular. Dia 08/11 tem uma mesa às 18h. É consenso que o CAHis se incorpore a esta atividade.

 

2

Tunã: Sumiu aproximadamente 1000 reais do CAhis. Só ficou 200 reais que estavam fora da pasta e mais algumas moedas na minha casa. Tem que pensar quem está com a chave do armário e como vamos guardar nosso dinheiro.

 

Lilian: Tem que trocar o cadeado do armário imediatamente e levar isso para a Assembleia hoje. É difícil abrir uma conta do CAHis, porque tem que fazer CNPJ e leva tempo.

 

Juan: Tem que ter mais controle sobre as finanças, comprar um novo cadeado, deixar só 3 pessoas com a chave.

 

Leonardo: Tem que levantar quem tem a chave do armário e a chave do CAHis. Colocar 2 ou 3 pessoas responsáveis pelas finanças. Não tem controle sobre quem entra no CA. Tem dúvida se tem que levar isso para a Assembleia.

 

Yan: Tem que levar isso em Assembleia e assumir os erros. Tem que abrir uma conta no nome do Ca ou de alguém.

 

Gabriel: É ruim não publicizar agora, só faz sentido fazer isso se tiver uma solução. Boato é muito pior do que ter que se posicionar oficialmente. Se o dinheiro fica na casa dos outros, não tem problema. Ver como dá pra concentrar o dinheiro na casa de alguém.

 

Bernardo: Isso reflete a falta de organização do CAHis. Propõe fazer uma conta conjunta. Não dá pra deixar o dinheiro no bloco N.

 

Gaúcha: Se o dinheiro estava lá e sumiu foi um erro coletivo que tem que ser compartilhado imediatamente. Tem que pensar o que fazer para isso não se repetir e como isso aconteceu. Propõe abrir uma conta poupança, com apresentação de um extrato mensal e colar isso no caderno de finanças.

 

Tales: tem eleição do CA, tem que ver como vai levar isso em assembleia. Tem que trocar o cadeado, listar os responsáveis pelas finanças, manter o dinheiro na casa de algumas pessoas por enquanto.

 

Juan: o que aconteceu tem a ver com o nível de consciência das pessoas, de não perceberem que o dinheiro é do coletivo, dos estudantes do curso. Tem que apresentar isso na assembleia de hoje. Quanto às chaves, quem tem a do CAHis não é problema. Tem que comprar um cadeado novo e só três pessoas terem a chave até resolver a história da conta.

 

Yan: Acha que essa questão tem que ser um ponto de pauta na assembleia, não só de finanças.

 

Encaminhamentos:

GT de Finanças: Tunã, Juan, Camila e Leonardo. Esse GT fica responsável por comprar um novo cadeado e abrir uma conta poupança ou conjunta (devem se informar sobre qual é a melhor opção).

 

Apresentar a questão do furto na Assembleia como ponto de pauta e fazer uma prestação de contas de quanto sobrou em caixa.

 

3

Lilian: Nos anos 90 foi elaborado um PNE dos movimentos sociais que para ser aplicado era necessário 10% do PIB para a educação pública. Quando este PNE foi levado em votação pelo governo, já era um projeto completamente alterado e votou que teria 7% do PIB para a educação, mas que seria aplicado de forma progressiva em um período de 10 anos. Em 2009, o Seminário Nacional de Educação em Uberlândia que reunião a Oposição de Esquerda da UNE e a ANEL retomou a bandeira dos 10% do PIB e encaminhou um plebiscito a respeito uma vez que o PNE está para ser votado e vem novamente com a mesma proposta dos 7% do PIB para a educação em 10 anos. O ANDES e outros sindicatos aderiram à proposta do movimento estudantil e este ano foi lançada nacionalmente a campanha dos 10% do PIB para a Educação Pública já, o plebiscito começa dia 06/11 e vai até o dia 06/12, tendo a possibilidade de uma segunda etapa no primeiro semestre de 2012. As reuniões da Comissão Estadual da Campanha acontece desde o início de setembro e já foram feitos: um debate de pré-lançamento da campanha na UFRJ, um ato de lançamento da campanha na Cinelândia e uma cartilha estadual da campanha explicando porque queremos 10% do PIB. Na UFF já tem mobilizações no Serviço Social, na Pedagogia e na quinta agora, dia 10/11 tem um debate sobre Financiamento da Educação no Brasil às 18h, na sala 405 do Serviço Social. Este debate vai lançar a campanha na UFF.

 

Encaminhamentos: Que o CAHis se some ao comitê do ICHF da campanha dos 10% do PIB para a Educação Pública já e ao debate no dia 10.

 

4

Juan: A audiência pública não trouxe muitas respostas para a pauta de reivindicações assinada na reitoria, os prazos não foram atendidos e só deram como estimativa a data de conclusão do alojamento de Niterói (janeiro de 2012) e do muro de Rio das Ostras (5 meses). No que tange a festas o prefeito do campus retirou a proibição e direcionou a negociações para os representantes de cada instituto. Disse que não vai aceitar a assinatura de CA ou DA tal se responsabilizando pelas festas, quer nomes de pessoas. Tudo isso até que seja aprovada a portaria que regulamenta as festas no campus. Sobre a choppada ser unificada ou não, tínhamos optado inicialmente por ser uma choppada só da História, mas a galera está com dificuldade a tocar o que se propôs. Alguns CA’s vieram procurar a gente para ver a possibilidade de fazer uma choppada conjunta e sugeriram o nome “Não cansei de ser socialista”, referência à festa de CS.

 

Leonardo: Estamos com um problema sério de finanças e está chegando o final de período. É interessante viabilizar uma festa. Sugeriu montar uma comissão de finanças da choppada com uma pessoa de cada CA e DA para não dar problema.

 

Rafael: Não sabe até que ponto dá pra fazer uma choppada de História e com a proibição acha que seria mais seguro uma choppada unificada. Acha que tem que dar para o Ranconi uma lista com todos os nomes de quem está organizando a choppada e se possível de quem vai participar.

 

Gabriel: ter choppada é essencial.

 

Camila: Conversou com algumas pessoas individualmente. Pensa na nossa choppada e nas pessoas que se comprometeram e foram fazendo algumas coisas já. Quarta, 09/11, às 16h, tem uma reunião do GR de Choppada junto com a galera do samba.

 

Tunã: tentar investir na choppada do ICHF porque é mais viável. Não tem que ligar para a burocracia, tem que falar com o Théo e independente do que ele disser vai ter choppada.

 

Juan: o nome da festa pode ser algo que remeta à ocupação e a nossa pauta. Ver se o Palharini faz a mediação com o Théo.

 

Camila: Levar isso para a reunião do GT de choppada e consultar as outras pessoas.

 

Encaminhamentos:

Organizar uma choppada unificada do ICHF;

Ampliar a reunião do GT de Choppada para os outros CA’s e DA’s.

Pensar intermediários como o Palharini para conversar com o Théo.

Aprovar a choppada unificada na Assembleia de hoje.

 

5

Leonardo: Teve uma reunião da comissão de espaço, mas só permitem a entrada dos estudantes que forem eleitos no Colegiado para acompanhar este espaço. Tem que elaborar uma proposta nossa para entrar no esquema do colegiado. A reunião da comissão de espaço não é deliberativa, está sujeita ao Colegiado. São dois representes estudantis no Colegiado. Propõe que se procure saber mais sobre o Colegiado para discutir com os demais CA’s.

 

Rafael: tem que pensar se vai ter um espaço para cada CA ou se vamos dividir, acha que tem que ser um espaço conjunto. E os acompanhamentos disso tem que ser em conjunto.

 

Tunã: tem que ter um GT de Colegiado para todo mundo discutir isso antes de cada Reunião de Colegiado.

 

Camila: O Théo já sinalizou que vai complicar a participação estudantil no Colegiado.

 

Leonardo: Pensar em reivindicações. Vai tentar descobrir mais sobre a estrutura do Colegiado. Vários laboratórios estão disputando os maiores espaços.

 

Encaminhamentos:

Acumular mais sobre a estrutura do Colegiado e tentar descobrir como está a expansão do ICHF e pensar reivindicações.

Ter um GT de Colegiado com as pessoas de todos os cursos do ICHF antes de cada Reunião do Colegiado.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s